André Guerra Cotta (br)

foto AndréDoutor em Musicologia com a tese “História da Lange Coleção Francisco Curt  Lange” (PPGM-UNIRIO, 2009) e Mestre em Ciência da Informação com a dissertação “O tratamento da informação em acervos de manuscritos musicais brasileiros” (PPGCI-UFMG, 2000). Musicólogo e pesquisador em projetos significativos para musicologia brasileira na últimas décadas, tais como “Reorganização e Digitalização do Arquivo do Cabido Metropolitano do Rio de Janeiro” (2005), “Conservação e Instalação do Acervo Curt Lange – UFMG” (2005/2006) “Instalação e Difusão do Museu da Música da Mariana” (2007/2008), também é autor de artigos e livros nas áreas de Musicologia e Ciência da Informação aplicada à música, tais como “Arquivologia e Patrimônio Musical” (EDUFBA, 2004), “Curt Lange – Guia” (Editora da UFMG, 2005), Guia do Museu da Música de Mariana (Fundarq, 2008) e “Archivos y música: reflexiones a partir de experiencias en Brasil y Uruguay” (Montevideo, 2011). É membro do Grupo RISM-Brasil desde sua fundação, em 2005, e Vice-Presidente da Associação Brasileira de Musicologia (ABMUS). Atualmente é Professor Associado do Departamento de Artes e Estudos Culturais da Universidade Federal Fluminense (UFF).

Link para o Currículo Lattes: [ver aquí]

Algumas publicações:

COTTA, André Guerra. (2017). Gloria, Laus: revisitando um estudo comparativo de fontes primárias. IV Congresso Brasileiro de Iconografia Musical / II Congresso Brasileiro de Pesquisa em Sistemas de Informação Musical, Salvador. In: Caderno de Resumos e Anais do IV Congresso Brasileiro de Iconografia Musical / II Congresso Brasileiro de Pesquisa em Sistemas de Informação Musical. Salvador: PPGM-UFBA, 2017. p. 111 – 142.

COTTA, André Guerra. (2017). Conceição Tavares Coimbra, violonista e compositora brasileira.  Simpósio Internacional de Violão, 1, 24-28, Belo Horizonte. In: Anais do 1º SIM! Simpósio Internacional de Violão – O Violão na América Latina: tendências, desafios, perspectivas. Belo Horizonte: UFMG, [2017, no prelo].

COTTA, André Guerra. (2017). O violão no Museu da Música de Mariana. Recital-Conferência. Simpósio Internacional de Violão, 1, 24-28, Belo Horizonte. In: Anais do 1º SIM! Simpósio Internacional de Violão – O Violão na América Latina: tendências, desafios, perspectivas. Belo Horizonte: UFMG, [2017, no prelo].

COTTA, André Guerra. (2016). Uma valsa para violão solo no Museu da Música de Mariana. In: Anais do XXVI Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música. Belo Horizonte.

COTTA, André Guerra. (2016). “He bem bonita suas coizas”: Carcassi no Museu da Música. Simpósio Iberoamericano de Música, 4; Congresso da Associação Brasileira de Musicologia, 1, 18-21, Belo Horizonte. In: Caderno de Resumos e Anais: IV Simpósio Internacional de Música Íbero-Americana e I Congresso da Associação Brasileira de Musicologia. Belo Horizonte: UFMG, 2016. p. 229-241.

COTTA, André Guerra. (2013). Acervos musicais brasileiros no século XXI e práticas musicais na América portuguesa: uma visão panorâmica e dois casos pontuais. In: Colóquio Luso-Brasileiro As Músicas Luso-Brasileiras no Final do Antigo Regime. Repertórios, Práticas e Representações. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. p. 29-58.

COTTA, André Guerra. (2011). Novas considerações sobre o acesso ao Patrimônio Musical no Brasil. Liinc em Revista, v.7, n.2, setembro, Rio de Janeiro, p. 466-484.

COTTA, André Guerra (Org.). (2008). Guia do Museu da Música de Mariana. Mariana: Fundarq.

COTTA, André Guerra; Blanco, Pablo Sotuyo. (2006). Arquivologia e Patrimônio Musical. Salvador: Edufba.

COTTA, André Guerra. (2006). Correspondência pessoal como fonte histórica e musicológica. In: Cadernos do Colóquio. Rio de Janeiro: Programa de Pós-Graduação em Música da UNIRIO, 2006.

COTTA, André Guerra. (2000). Considerações sobre o direito de acesso às fontes primárias para a pesquisa musicológica. III Simpósio Latino-Americano de Musicologia (Curitiba, 21 a 24 de janeiro de 1999). in: Anais… Curitiba: Fundação Cultural de Curitiba. p. 71-92.